Contador de Visitas

contador de acesso grátis
Alguns dos melhores retratos possuem o olhar do fotografado completamente confortável, como se não estivessem olhando para a câmera. Geralmente, quando as pessoas tentam sorrir ou fazer alguma pose, se parecem muito artificiais.
    O principal objetivo é capturar a essência do retratado. Algumas pessoas têm algumas técnicas para fazer isto. Uma boa idéia é bater uma foto no momento em que a pessoa está sorrindo para a câmera e outra logo após, quando a pessoa normalmente recupera a naturalidade. Outra maneira seria contar uma piada engraçada ou fazer alguma graça, fazendo a pessoa sorrir espontaneamente.
    Os três tipos gerais de retratos são: close-ups, fotos da parte superior do corpo e retratos que envolvem o meio (onde você foca tanto a pessoa quanto o meio onde ela vive, resumindo o seu caráter e personalidade).


Close-ups
    Uma das coisas que mais importantes na hora de retratar alguém é a capacidade que temos para captar a expressão desta pessoa, e os close-ups são melhor opção. Normalmente enquadram os ombros e a cabeça da pessoa. O erro mais comum cometido pelo fotógrafo é que ele não está próximo o suficiente aos seus assuntos. Em alguns casos, isso significa que o fotografado, o centro de interesse, é muito pequeno para ter algum impacto.
    É muito importante que a luz incida com um bom ângulo. Se você quiser acentuar as rugas ou pequenos detalhes, a luz deve ser lateral. Se quiser o contrário, pode tirar fotos em dias nublados, quando a luz é difusa, e por isto não há sombras.


Foto de solofotones
Sempre focalize os olhos
    Os olhos de uma pessoa são o elemento chave de um retrato, e devem ser o papel central (exceto em determinadas situações em que desejamos chamar a atenção a outras regiões). Eles representam o foco de maior impacto visual.

Utilize o flash para corrigir falhas
    Ao se fotografar sob a luz do sol, é muito importante o uso do flash para preencher as regiões de sombra, principalmente no rosto. Esta simples técnica, chamada "flash de preenchimento", pode salvar a imagem.

Fotos de crianças e animais
    Evite tirar retratos de crianças e animais enquadrando-os de cima para baixo. Para fotografá-los, tente se agachar, e fotografe com a câmera à altura de seus olhos.


Parte superior do corpo

    São um pouco menos pessoais que as close-ups, e são o tipo de foto mais comumente utilizado para retratos. São mais fáceis de se obter resultados satisfatórios, principalmente porque a pessoa provavelmente se sentirá mais relaxada, e você pode incluir um pouco do fundo no enquadramento.


Foto de Samuel

Preste atenção ao fundo
    Ao se retratar alguém, tente utilizar fundos simples e que tenham um bom contraste em relação à pessoa. Evite fundos que contenham algo que possa distrair o observador. Utilize o diafragma o mais aberto possível, para que o fundo fique bem desfocado. Este conjunto de ações ajudam para que não haja distrações, e para que toda a atenção esteja volta à pessoa.

Tire a pessoa do centro da foto
    O enquadramento central também é um erro muito comum. Evite o máximo possível e descentralize a pessoa - em alguns casos, você pode colocá-la em um dos terços da foto - e procure colocar seus olhos próximos aos pontos de ouro (pontos determinados pela regra dos terços).

Varie a pose
    Para a foto não ficar sem graça e parecer mais natural, peça para a pessoa variar sua posição, virando levemente o rosto ou se movimentando.



Retratos que envolvem o meio
    São retratos que nos introduz sobre a vida da pessoa, incluindo todo um cenário e nos mostrando o que elas fazem ou gostam de fazer: o tipo de casa que vivem e como a decoram, o tipo de trabalho que fazem e onde o fazem, etc. São comumente usados por fotojornalistas.


Foto de striatic
Fotos espontâneas: sendo discreto
    Estas são um tipo de foto de pessoas que não têm conhecimento que estão sendo fotografadas, ou pelo menos que não estam posando para a câmera.

    Você pode querer tirar fotos de pessoas em seus negócios, como um vendedor em um mercado. Nestes casos, você não deseja que ele pareça saber que está sendo fotografado. Muitas vezes as pessoas vão te ver e te ignorar, pois precisam se concentrar no que estão fazendo.

    Se você estiver usando alguma teleobjetiva, e está mantendo alguma distância da pessoa, pode demorar um pouco para que ela repare você. Você deve ser capaz de compor a sua imagem e obter a foto antes disso acontecer. Uma outra forma de ser discreto é estar no local por um tempo, suficiente para que as pessoas parem de prestar atenção em você.


Antecipando comportamentos

    Conhecer a pessoa bem o suficiente para ser capaz de antecipar o que ela irá fazer é um elemento importante para que você não perca bons momentos. Observe-a cuidadosamente, e pense sobre a situação retratada: como ela pode agir? Então esteja com sua câmera preparada.

Dicas para se tirar bons retratos, com Maria Isabel


Confira as 10 melhores dicas de fotografia
As vezes tirar fotos pode parecer algo muitos simples, mas não tão fácil quanto pode parecer. A habilidade em fotografar vai muito além de um simples apertar de um botão. Para você que gosta de ter sempre as mãos uma máquina fotográfica ai vão 10 dicas essenciais para registrar seus melhores momentos.
1 – O enquadramento: tente fugir do clichê de colocar o assunto sempre no meio da foto. Deslocar o objeto principal a ser fotografado pode fazer toda a diferença na imagem para deixa-la mais interessante, divida mentalmente o visor da câmera em três colunas e três linhas, como em um jogo da velha.
2 – Flash desnecessário: uma das coisas mais complicadas na fotografia é aprender a usar o flash de forma correta. Usar o flash muito em cima pode deixar a foto todo clara, e muito longe escura. Lembre-se de que o flash tem um alcance limitado, de normalmente 3 a 5 metros, as vezes um pouco mais. Não adianta deixar o flash ligado em uma foto onde o foco é um objeto a 30 metros.
3 – Flash necessário: um ambiente escuro não é o único lugar onde o flash é um acessório necessário. Em uma foto contra-luz, por exemplo, o flash pode ser usado como preenchimento. Quando você tirar uma fotografia de alguém com uma fonte de luz ao fundo, como o sol, você pode notar que o sol vai ficar brilhante e somente a silhueta da pessoa vai aparecer. Neste caso o flash irá suprir a falta de luz, deixando ambos visíveis.
4 – Cuidado com o fundo: tenha muito cuidado ao selecionar o local onde vai tirar um retrato. A escolha do que aparece ao fundo é tão importante quando o que vem em primeiro plano. Cores vibrantes, linhas e outros objetos podem interferir ou tirar a atenção do foco. Um erro engraçado, porém muito comum, é tirar foto de uma pessoa em frente a uma árvore onde os galhos parecem formar chifres sobre sua cabeça.
5 – Retratos: Aproxime-se quando o assunto é uma pessoa, pois o que se quer mostrar é a pessoa. Não tenha medo de chegar perto. Se quiser pode até cortar um pouco da parte de cima da cabeça. E a esta distância é possível reparar detalhes como sardas e cílios. O que não pode acontecer é aquele monte de nada na volta e um pequeno sujeito no meio.
6 – Olhe nos olhos: tire fotos na altura dos olhos da pessoa. Para tirar foto de criança fique de joelhos, sente, atire-se no chão, tudo está valendo para ficar ao nível dela.
7 – Fotos Verticais: muitos assuntos exigem uma foto vertical. Se o foco tiver mais linhas verticais, como um farol ou uma escada, vire a câmera.
8 – Aproveite a Luz: Não há luz mais bonita que a luz natural do sol. Sempre que puder, aproveite-a. Posicione-se de forma a deixar a fonte de luz à suas costas, aproveitando assim a iluminação. É impressionante quanta diferença pode fazer um simples passo para o lado.
9 – Cor: a maioria das câmeras digitais vêm com controle de cor, ou White balance. Esse recurso de cor faz com que o branco seja realmente branco sob determinada fonte de luz. Mas as configurações pré-selecionadas nem sempre são as mais indicadas para quem quer fidelidade de imagem. A configuração para dias ensolarados, normalmente indicada por um solzinho, dá um tom mais amarelado às fotos. Essa tonalidade dá uma sensação de calor e afeto, tornando a foto mais interessante sob determinados aspectos.
10 – Experimente: não há dica melhor do que essa, experimentar. O segredo da fotografia está na tentativa e erro. Pois errou é só apagar. E o mais importante é aprender a dominar a luz e sua câmera, para depois fazer o que quiser.

Confira as 10 melhores dicas de fotografia


Novas Câmeras Digitais Nokia
Você enjoou daquela foto do perfil  do site de relacionamento ou você vem literalmente fugindo das câmeras em todos os ligares em que você vá? Você acredita que não está mais saindo bem nas fotos? Então, saiba que podemos lhe ajudar quanto a isso, isto é, através da aplicação de alguns truques é possível ocultar defeitos e encarar os flashes sem receio ou medo de ficar feia em mais uma foto. Então, para que você fique bem nas fotos, veja logo abaixo algumas dicas que você pode colocar em prática em seus próximos ensaios fotográficos:
-Seu melhor ângulo: Pode não parecer, mas até mesmos os modelos possuem seus melhores ângulos para as fotografias, por este motivo, o primeiro passo para que você fique bem nas fotos é descobrir qual é o seu melhor ângulo. Procure descobri-lo em frente ao espelho, faça diferentes posições até encontrar uma em que seu rosto e corpo fiquem em harmonia, e no momento dos cliques das máquinas, procure imitá-las.
-Sorriso: A grande maioria das pessoas possui dúvidas quanto ao sorriso, ou seja, como ele deve ser? A principal dica para que você fique bem na foto é dar um sorriso espontâneo e natura, e nada de um sorriso amarelo, assim procure cuidar bem de seus dentes, os quais fazem parte de seu cartão de visita, o sorriso. Quando ao sorriso na foto, não de um sorrisinho forçado, faça com que suas fotos sejam mais descontraídas e até mesmo mais alegres. No entanto, saiba tirar fotos sérias.
-Maquiagem: A maquiagem é realmente a melhor companheira da mulher no momento da fotografia, mas é preciso que você tome cuidado com o exagero, caso contrário, a maquiagem poderá ser evidente. Desta forma, opte pela maquiagem praticamente imperceptível, aquele make mais básico, a qual consiste em apenas base corretivo para ocultar as imperfeições, como manchas, espinhas e olheiras. Procure fazer o uso de máscaras de c[ílios para valorizar o olhar e para os lábios, use um bom gloss. Contudo, é válido ressaltar cuidados com o excesso de oleosidade na pele, o que faz com que você fique com a pele brilhante nas fotos, o que não é nada legal.
-Disfarce a barriguinha: É interessante que você consiga esconder aquela saliência que persiste em marcar presença nas fotos, assim no momento do clique, procure prender a barriga. Outra dica importante é valorizar os seus pontos fortes e assim esconder o que você não deseja mostrar, e em relação a barriga, saiba que usar uma blusinha mais larga e que não marque tanto pode ser a melhor solução.
-Luminosidade: Saiba desde já que uma má iluminação pode acabar com a foto, assim evite fica abaixo de uma luz muito forte, a qual tem a capacidade de deformar seu rosto ou acabar com a cor natural da imagem. Não se esqueça de que não existe luz mais bonita do que a do sol, por isso, sempre que possível aproveita a luz solar.
-Pose: Caso você já tenha passado da adolescência e ainda continua fazendo biquinho para as fotos, saiba que está na hora de modificar a pose. Assim, é de grande importância que você tome cuidado com as poses para as fotos, sendo que há poses que podem refletir em uma atitude infantil, enquanto outras, vulgares. O importante em relação à pose é que você se sinta confortável e bem para com o momento.

Como sair mais bonita nas fotos









Nos últimos dias toda a atenção e olhares estavam voltados para eles, Kate Middleton e William Arthur Philip, agora duquesa e duque de Cambridge. O Príncipe se casou com a plebeu na sexta-feira (29) de abril na Abadia de Westminster em Londres, o que fez com que o mundo literalmente parasse para assistir ao matrimônio do casal. Comentários e curiosidades sobre o vestido da noiva e dos convidados, sobre os detalhes da festa, enfim, tudo estava e está sendo discutido entre os curiosos de plantão. Milhares de pessoas acompanharam o casamento real através de telões nas principais praças e teatros de Londres, e também em frente a Abadia de Westminster, além é claro através da internet e da cobertura feita pelas emissoras de TV do mundo todo. O casamento foi verdadeiramente real, impecável, com tudo perfeito, nada se sobressaindo demais ou pouco, tudo em seu devido lugar e momento, o casamento dos sonhos de muitos casais. No entanto, este é um dos casamentos que vai ficar apenas na imaginação para muitos ou praticamente todos, já que foram gastos cerca de 12 milhões  de reais e deve movimentar mais de 500 milhões com lembrancinhas, fotos e outros objetos do casal real. Com este grandioso valor investido para o matrimonio do príncipe William foram realizados movimentos por parte dos estudantes que tiveram elevados custos anuais do ensino superior, já que o Reino Unido vem sofrendo com crise, algo que pode fazer com que o casamento foi mal visto. Mas de acordo com a família real tudo foi pago, incluindo vestido da noiva, flores e outros itens do casamento e não pelos contribuintes.
Contudo, deixando este polemico assunto para os britânicos, o casamento  real ainda está dando muito o que falar, sendo quem não conseguir assistir ao casamento, pode conferir vídeos do mesmo no site do G1 (http://g1.globo.com/casamento-do-principe-william/), o qual realizou uma cobertura especial do casamento do príncipe William. Se você deseja matar um pouco a sua curiosidade a respeito do casamento real, veja logo abaixo algumas fotografias e veja como tudo foi lindo, incluindo vestido da noiva que uniu modernidade e tradição ao mesmo tempo:

Fotos do casamento do principe William

Estilos de fotos
Todos possuem um estilo para tirar fotos, cada um de um jeito, ou seja, uns que adoram tirar fotos porque simplesmente são fotogênicos e saem lindos nas fotos e outros que odeiam tirá-las, pois acham que não ficam bem fotografados. Temos os estilos em, que tiram fotos de longe, com o cabelo tampando um olho e etc. Também conhecemos o estilo paty de ser e tirar fotos, que são aquelas meninas que tiram fotos todas maquiadas, parecendo bonecas. Conhecemos também os estilos dos baladeiros, que vivem tirando fotos em festas e baladas. Cada pessoa tem seu aspecto, seu estilo e seu jeito de tirar suas fotos.
Alguns pré-adolescentes (entre 13 a 15 anos principalmente) gostam muito de máquinas fotográficas e também de tirar fotos para registrar os melhores momentos. Realmente esta é a melhor idade para tirar fotos, pois estão sempre em lugares diferentes, com pessoas diferentes e as fotos saem muito criativas. Eles fazem do Photoshop uma diversão e assim mudam totalmente o estilo da foto, deixando-as mais bonitas e engraçadas.
Bom, cada um tem um gosto, nem sempre os gostos se batem, cada um tira suas fotos do jeito que preferir. Não ligue para o que os outros dizem, tire suas fotos do melhor jeito, do jeito que gostar, só não tire fotos que te comprometa, pois nunca se sabe em que mãos erradas vão cair essas fotos, fora esse obstáculo para tirar fotos não á mais nem um, então se divirta batendo muitas fotos. Todos devemos nos amar e achar que nossas fotos são bonitas, pois se não nos acharmos lindo, quem vai achar?
Quando se tira fotos é bem legal revelá-las, para fazer um mural em seu quarto com suas fotos e fotos de amigos e familiares e, também é importante revelá-las para lembrar-se do seu estilo, de como foi seu tempo, como você era e se comportava. Também é gostoso olhar e lembrar-se do lugar maravilhoso que você visitou ou lembrar-se do lugar que você frequentava.

Estilos de fotos

Iniciantes na fotografia digital capturam muitas imagens borradas. Aprenda a resolver esse problema
camera digital - 70x84Sempre que conversamos com pessoas que recentemente abandonaram o filme e adotaram a fotografia digital, ouvimos a mesma reclamação: é difícil “congelar” a ação de um objeto em movimento.  Seja um dardo sendo arremessado ou um carro de corrida acelerando numa pista, não importa. Os novos fotógrafos digitais tendem a bater um monte de fotos borradas ou, na pior das hipóteses, foto nenhuma. Na hora em que a câmera capta o objeto a ser fotografado, ele já se foi há um bom tempo. A causa do problema é a lentidão do disparo. Neste artigo, você encontrará dicas para acabar com isso.

Ok, talvez estejamos sendo exageradamente otimistas. Não podemos prometer que eliminaremos a lentidão do disparo da sua máquina fotográfica, mas temos  boas estratégias para eliminar isso.
Antes de mais nada, vamos explicar o que é a lentidão do disparo. Este é o nome dado à aparentemente interminável espera entre o tempo que você aciona o obturador da câmera (o botão que dispara a fotografia) e o momento em que a foto é realmente gravada. Todas as câmeras – digitais ou analógicas – têm alguma espécie de lentidão de disparo. Nas câmeras digitais, no entanto, ele pode se tornar longo demais. Isso ocorre porque quando você pressiona o obturador, a câmera tem de focar a lente, medir o balanço de brancos (para garantir a fidelidade das cores na imagem final) e ainda fazer um monte de outros pequenos ajustes, como preparar o sensor para capturar a imagem desejada.

Ajuste o balanço de branco
A primeira providência que você deve tomar para driblar o atraso do disparo é ajustar o controle do balanço de branco (white balance) da sua câmera para uma das posições que ela já oferece como seleção prévia (presets). Pode ser luz do dia, indoor, pôr-do-sol ou qualquer outra opção que se adapte ao ambiente. Se a câmera não tiver de medir e calcular esse balanço manualmente, você já economiza um precioso tempo. Não é muita coisa – apenas alguns centésimos de segundo – mas auxilia bastante a evitar uma foto perdida.

Prepare o foco
Outra forma de economizar o seu precioso tempo é já deixar o foco da sua câmera ajustado mesmo antes de fotografar o objeto. Você já deve ter percebido que se pressionar suavemente o obturador, a camêra já ajusta o foco. Assim, se você mantiver esta leve pressão sobre o botão, o foco estará ajustado. Aí é só acionar o obturador no momento certo.
Esta é uma importante técnica para encurtar o tempo de disparo de sua câmera, já que, para a maioria delas, focar um objeto leva metade de um segundo. Portanto, se você estiver tentando capturar a imagem daquele dardo voador que citamos no primeiro parágrafo, ajuste o foco antes que ele seja lançado, para que no momento certo você clique e tenha uma reação muito mais imediata da sua câmera.
Manipule o ISO
Mas, e se mesmo com todas estas precauções você ainda não conseguir a foto desejada? O alvo da sua fotografia pode estar bem enquadrado e centralizado, mas, por causa da baixa luminosidade, a velocidade do disparador é tão baixa que tudo vira um mero borrão. Melhore isso manipulando o controle de ISO da sua câmera e aumentando um pouco o seu nível. O ISO é um medidor de luminosidade da câmera e ajustá-lo para ISO 400, ao invés de ISO 100, por exemplo, permite que você fotografe a 1/60 de segundo (contra 1/15 de segundo, tempo sem o ajuste). Isso cria uma foto rica em detalhes e evita as imagens borradas.
Após este procedimento, é bom que você se lembre de retornar o ISO de sua câmera para um nível mais baixo, já que quanto maior o ISO da fotografia, maior o aspecto granulado. Mesmo assim, aconselhamos que, entre uma foto borrada e uma nítida, porém com alguns pequeninos pontos a mais na imagem, você escolha a segunda.

Iniciantes na fotografia digital geram muitas imagens borradas. Aprenda a resolver esse problema

A fotografia de paisagens e viagens é a mais comum entre os fotógrafos. Conheça alguns procedimentos que podem melhorar as fotos

                                                              

A fotografia de paisagens e viagens é a mais comum entre os fotógrafos. Conheça alguns procedimentos que podem melhorar as fotos
Uma das modalidades de fotografia mais comuns entre as pessoas -  profissionais ou não - é o registro de paisagens. Quem já não se encantou com alguma beleza natural em alguma viagem, um pôr do Sol ou mesmo uma cachoeira?
Só que muitas vezes o resultado obtido não reproduz com fidelidade a imagem que foi clicada. Saiba, porém, que se alguns cuidados forem tomados, as chances de se obter uma boa fotografia aumentam significativamente.
Em primeiro lugar, procure conhecer bem seu equipamento e as funcionalidades que ele oferece. Isso ajuda, mas não basta. É necessário conhecer alguns fenômenos naturais e o comportamento da luz é um dos mais importantes. A luz natural, proveniente do Sol, varia ao longo do dia, proporcionando tons diferenciados na imagem captada.

Como fotografar paisagens e cenas com a câmera digital